resenha

[Resenha] A Princesa dos Ventos, da Lu Evans

setembro 24, 2017

Nome: A Princesa dos Ventos (Zylgor #3) | Autora: Lu Evans | Gênero: Fantasia | Editora: Luciene Evans | Ano: 2017 | Páginas: 400
Sinopse: "Após a perda de muitos companheiros de viagem durante a travessia pelo mar, e uma brusca separação, o grupo de Cã desembarca nas Terras Gélidas em busca de Lílat.
Mas o que eles encontram naquela distante região é muito mais que um ambiente hostil povoado de raças traiçoeiras; e as descobertas que fazem, podem mudar o rumo da história de Zylgor para sempre.
Em meio a encontros e desencontros, perigos, inimigos implacáveis e lutas mortais, nossos heróis precisam não apenas encontrar a princesa das Terras Aquecidas, mas também impedir que o mal se perpetue e tome o mundo inteiro, pois o poderoso Adversário está cada vez mais próximo."
Trecho Preferido: "Além do mais, já deve ter percebido, os que possuem os cristais têm uma necessidade muito grande de estarem juntos, unidos. É algo forte. Não adianta resistir."

Oi, gente! Vim trazer mais uma resenha para vocês e dessa vez é o terceiro volume da série Zylgor, da Lu Evans. Pra quem ainda não conhece a resenha de A Princesa das Águas e o Príncipe Flamejante já estão aqui no blog.
    Recapitulando: no último livro nossos heróis deixaram as Terras Aquecidas e foram resgatar a Princesa Lílat, durante a aventura no mar muitos perigos foram enfrentados, alguns companheiros –infelizmente- sucumbiram, mas finalmente a tropa organizada pela rainha Hamena conseguiu chegar as Terra Gélidas. É a partir daí que o terceiro livro se inicia.

    Além do resgate da princesa o grupo também precisa encontrar a Cripta das Soberanas, foi encarregado de purificar o Anel supremo da rainha – que estava sob a posse de Daimos lá no primeiro livro-, e Áspio precisa requisitar o Cetro Áureo. Só que devido a algumas rixas mal resolvidas nosso grupo vai se separar no início do livro e vamos ter alguns desencontros e aventuras em dobro. É bom lembrar que durante todo esse tempo Lílat continua lutando para sobreviver nas terras desconhecidas.
    E as Terras Gélidas se mostraram um ambiente muito inóspito e a descrição da Lu continuou perfeita, a cada capítulo um novo desafio aparecia e o perigo rondava os personagens a todo momento. Foi realmente difícil largar o livro, quando não estava lendo me preocupava com os personagens e ficava imaginando se algo de ruim aconteceria em breve. Depois de três livro eu me apeguei muito à eles e até mesmo Áspio que irritava tanto o Cã caiu nas minhas graças. 

"Os uivos tristes e selvagens ecoaram como uma melodia ameaçadora por toda a noite, no entanto, à medida que o dia chegava, os sons noturnos foram se apagando e o silêncio se estabeleceu."

    Novos seres foram apresentados e muito sobre os elfos foi revelado. Eles passam por uma criação diferenciada e não é à toa que se tornam guerreiros tão fortes e frios (no sentido emocional da palavra). Eu gostei bastante dessa parte porque além de conhecer uma raça nova eu descobri mais sobre a Ives, que chamou minha atenção no último livro. A complexidade da elfa é algo que me deixava em dúvida (a todo o momento!) sobre suas verdadeiras intenções e a importância que ela ganhou nesse livro só me deixou mais envolvida e curiosa para saber seu destino. 
    Ormina, Vu, Rodrax, Crânio Espetado, Huris e Núbila se provaram fundamentais para a conclusão da missão, todos eles foram importantes em algum ponto e responsáveis pela sobrevivência do grupo. E se tem alguém que ganhou meu coração foi Núbila. A princesa ciita foi a mais esperta e corajosa possível! Já a relação entre Cã e Áspio melhorou bastante, um sentimento de companheirismo e fraternidade se apossou dos rapazes e foi maravilhoso ver essa evolução. As relações amorosas também foram desenvolvidas e o meu shipp está bem vivo! Apesar das dificuldades, principalmente em relação aos casamentos arranjados, dois casais se formaram e eu estou torcendo muito para que dê certo. São casais bem construídos e que de fato se encaixam. 


    E nesse volume a história já vai se encaminhando para um final. Muitas coisas foram reveladas e eu ainda não estou acreditando em tudo que eu li.  Enquanto isso O Adversário, o verdadeiro vilão e aquele que estava por trás de Daimos, é uma ameaça que vai se tornando cada vez mais presente. 
    Eu amei muito esse livro e não desgrudava dele pra nada, adorei o rumo que a história tomou e tudo que foi descoberto. A Lu me surpreendeu mais uma vez e apesar de não ter noção do que pode acontecer na sequência eu tenho altas expectativas. Zylgor é uma das melhores séries de fantasia nacional que eu já li e tem um lugarzinho especial no meu coração. Mal posso esperar pela continuação! 

Se você gostou da postagem, compartilhe! Não se esqueça de clicar em SEGUIR na coluna da direita do blog em "SEGUIDORES" e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Que a força esteja com você e a sorte à seu favor! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!